Weby shortcut
Logo CBiológicas
Logomarca UFG
original_twitter
original_facebook
original_YoutubePlay
original_Instagram

Projetos de Pesquisa

Por Claudio Andre Atualizado em 19/11/14 09:24.

PROJETOS DE PESQUISA

 

Título do projeto: Morfologia e Morfometria Testicular de de Marmosops sp. (Didelphimorphia, Didelphidae) em área de cerrado no Sudoeste Goiano

Coordenador(a): Profa Dra. Fabiana Cristina Silveira Alves de Melo

Equipe:

Prof. Dr. Ricardo de Mattos Santa Rita

Prof. Dr. Fabiano Rodrigues de Melo

Karla Christina Sousa Silva (acadêmica do Curso de Ciências Biológicas - bolsista PIBIC)

Tatiane Pires de Sousa (acadêmica do Curso de Ciências Biológicas)

Tássya Daiana Porto Lima (acadêmica do Curso de Biomedicina)

Resumo:

 

______________________________________________________________________

 

Título do Projeto: Avaliação do conhecimento sobre a síndrome pós-poliomielite por profissionais da saúde

Coordenador(a): Prof. Dr. Claudio Andre Barbosa de Lira

Equipe:

Prof. Dra. Sandra Benite Ribeiro

Prof. Dr. Rodrigo Luiz Vancini (Pesquisador do Departamento de Fisiologia da UNIFESP)

Resumo: A síndrome pós-poliomielite (SPP) é o termo comumente aceito para descrever os sintomas neuromusculares que podem ocorrer anos após a poliomielite paralítica aguda. A prevalência de SPP em pacientes que tiveram poliomielite paralítica varia entre 25 e 74%. Pacientes com SPP são diagnosticados por meio de história confirmada de poliomielite paralítica, seguida por recuperação neurológica parcial ou completa e estabilidade funcional por pelo menos 15 anos. Depois deste período de recuperação, uma nova fraqueza muscular ou fadiga muscular anormal (diminuição da resistência), com ou sem fadiga generalizada, atrofia muscular ou dor muscular e articular, aparecem gradualmente. Apesar do número de casos de poliomielite paralítica aguda ter diminuído e a maioria dos países do mundo terem erradicado a doença, estima-se que existam aproximadamente 12 milhões de pessoas com sequelas de poliomielite. Objetivos: Avaliar o conhecimento sobre a síndrome pós-poliomielite por profissionais da saúde. Metodologia: Serão avaliados 1.200 profissionais da saúde, de ambos o sexos, com as seguintes formações: Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Nutrição, Psicologia. Estes profissionais responderão um questionário auto-administrável para verificar o conhecimento desses profissionais sobre a SPP. Neste questionário, existem questões do tipo sim-não-não sei sobre: (a) conhecimento geral sobre a poliomielite paralítica, com questões sobre fisiopatologia, sinais e sintomas, formas de tratamento e possíveis sequelas; (b) experiência profissional prévia com indivíduos com sequela de poliomielite paralítica e (c) conhecimento sobre a SPP, com questões sobre fisiopatologia, sinais e sintomas, formas de tratamento e possíveis sequelas. Além disso, no questionário existem questões sobre a formação acadêmica do profissional (curso de graduação, anos de estudo, maior titulação, área de atuação profissional).

 

______________________________________________________________________

 

Título do Projeto: Avaliação dos transtornos de humor e aspectos cognitivos em jovens fisicamente ativos

Coordenador(a): Prof. Dr. Claudio Andre Barbosa de Lira

Equipe:

Prof. Dra. Sandra Benite Ribeiro

Prof. Dr. Rodrigo Luiz Vancini (Pesquisador do Departamento de Fisiologia da UNIFESP)

Resumo: A atividade física regular é uma ferramenta importante no tratamento e prevenção de doenças crônicas relacionadas ao sedentarismo, tais como, o diabetes mellitus, a hipercolesterolemia, a hipertensão arterial. Adicionalmente, a atividade física regular vem sendo cada vez mais recomendada para tratamento de quadros de ansiedade e depressão e para prevenção do declínio cognitivo em idosos. Portanto, o presente estudo tem por objetivo avaliar os níveis de transtornos de humor e os aspectos cognitivos em praticantes de atividade física. Para tanto, serão selecionados 80 indivíduos do sexo masculino (40 sedentários e 40 fisicamente ativos). Os voluntários serão submetidos a uma bateria de teste de avaliação de transtornos de humor (ansiedade e depressão) e testes para avaliação da função cognitiva (memória).

 

____________________________________________________________________

Título do Projeto: Avaliação do conhecimento sobre fisiologia e bioquímica humana entre estudantes da área de ciências da saúde

Coordenador(a): Prof. Dr. Claudio Andre Barbosa de Lira

Equipe:

Prof. Dra. Sandra Benite Ribeiro

Prof. Dr. Cléver Gomes Cardoso (Professor Adjunto do ICB/UFG)

Prof. Dr. Rodrigo Luiz Vancini (Pesquisador do Departamento de Fisiologia da UNIFESP)

Profa. Dra. Marilia dos Santos Andrade (Professora Adjunto do Departamento de Fisiologia da UNIFESP)

Profa. Ms. Fernanda Patti Nakamoto (Professora do Centro Universitário São Camilo-SP)

Frederico Oliveira Resende (Acadêmico do Curso de Biomedicina da UFG/Jataí)

Resumo: O presente estudo é uma investigação destinada a identificar concepções erradas de estudantes da área de ciências da saúde sobre bioquímica e fisiologia humana. Tais disciplinas são alicerces fundamentais para disciplinas aplicadas e, por isso, o correto conhecimento dos conceitos e mecanismos bioquímicos e fisiológicos pelo futuro profissional da saúde é extremamente importante para o diagnóstico, tratamento e prognóstico de um paciente. Entretanto, estas disciplinas são classificadas pelos estudantes como complexas. Para atender aos objetivos propostos foi criado um questionário auto-administrável que contém questões relacionadas à condição sócio-econômica e à vida acadêmica do estudante. Adicionalmente, este instrumento terá questões de múltipla escolha que abordam conceitos importantes sobre bioquímica e fisiologia humana. Serão avaliados estudantes dos seguintes cursos de graduação: Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Odontologia.

____________________________________________________________________

Título do projeto: Estudo da evolução da hipertensão em pacientes acompanhados por uma equipe multidisciplinar de saúde

Coordenador(a): Prof. Dra. Sandra Benite Ribeiro

Equipe:

Prof. Dr. Claudio Andre Barbosa de Lira

Resumo: Num mundo cada vez mais industrializado e urbanizado, a propagação de hábitos de vida não saudáveis certamente contribui para proliferação e agravamento dos fatores de risco biológicos associados à diversas doenças crônicas, em especial as relacionadas ao aparelho circulatório, que lideram o ranking de mortalidade no Brasil e no mundo. Dos fatores de risco, podemos destacar a hipertensão e sua já bem estabelecida associação com as doenças cardiovasculares, assim como as de outros sistemas, além de várias outras patologias que vêm sendo relacionadas à hipertensão. Desta forma, o controle da hipertensão possui um papel de destaque na prevenção de doenças crônicas, especialmente as cardiovasculares, configurando-se, deste modo, em uma importante ferramenta de promoção da saúde pública. Neste contexto, é importante a atuação de serviços públicos de atenção primária a saúde e de acompanhamento aos pacientes hipertensos. Em Jataí - GO essa função é executada pelo Programa de Educação e Controle de Hipertensão sob coordenação do Dr. Cláudio Emílio Cintra, médico cardiologista, desenvolvido na Unidade Policlínica Municipal de Saúde da Secretária Municipal de Saúde desde 1998, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde. Nesse programa, os pacientes são acompanhados por uma equipe multidisciplinar formada por um cardiologista, uma enfermeira, uma psicóloga, uma nutricionista e uma técnica de enfermagem. O paciente recebe então prescrição medicamentosa, suporte psicológico e é instruído a adotar hábitos de vida saudáveis; tais como prática regular de atividade física, dieta balanceada além do abandono do tabagismo e do consumo excessivo de álcool (caso seja o caso); que têm sido relatados como importantes aliados no controle e na prevensão da hipertensão. Além disso, a pressão arterial e demais variáveis que são consideradas fatores de risco à hipertensão são registrados, gerando dados que, no presente projeto, serão usados para mensurar o efeito do programa sobre a expectativa de vida.

______________________________________________________________________

Título do projeto: Estudo da evolução do diabetes em pacientes acompanhados por uma equipe multidisciplinar de saúde

Coordenador(a): Prof. Dra. Sandra Benite Ribeiro

Equipe:

Prof. Dr. Claudio Andre Barbosa de Lira

Resumo: A existência de maus hábitos alimentares, sedentarismo, tabagismo e alcoolismo pode levar a um aumento no desenvolvimento de doenças crônicas, obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares, osteoporose e alguns tipos de câncer. Sedentarismo e maus hábitos alimentares constituem motivos de preocupação em relação à saúde pública. O diabetes é uma condição crônica de saúde caracterizada basicamente pelo excesso de glicose no sangue decorrente da produção deficiente de insulina pelo pâncreas, como no diabetes tipo I, ou pelo aumento da resistência tissular à insulina, como no diabetes tipo II, ou por uma associação de fatores. A partir disso, a Secretaria Municipal da Saúde de Jataí está desenvolvendo um programa desde 1998 que visa o acompanhamento e aconselhamento de diabéticos tipo I e tipo II de difícil controle, sendo todos insulino-dependentes, com idade acima de 30 anos. Adicionalmente, alguns casos específicos de crianças e gestantes diabéticas também são atendidos. Esse projeto da secretaria, portanto, tem por finalidade acompanhar os efeitos da prática de atividade física e de mudanças nos hábitos alimentares sobre padrões morfométricos e bioquímicos indicadores da evolução da doença, além de avaliar indicadores de bem estar psicosocial. Contudo, não houve, até o momento, uma análise conjunta e mais profunda dos dados coletados no período de 1998 a 2008 que avalie se os aconselhamentos de prática de atividade física e dieta nutricional surtiu algum efeito de melhoria da qualidade de vida dos indivíduos, sendo esse o objetivo da presente pesquisa. Assim, para análise do efeito do programa serão coletados dados contidos nos 955 prontuários dos pacientes cadastrados, previamente obtidos pela equipe multidisciplinar de saúde Atualmente fazem parte dessa equipe uma enfermeira, uma nutricionista, uma psicóloga, uma endocrinologista e uma técnica de enfermagem. Por meio desses dados, serão obtidas informações como histórico familiar (casos da doença na família).

______________________________________________________________________

 

Título do projeto: Efeitos de borda em fragmentos de cerrado no Sudoeste Goiano

Coordenador(a): Prof. Ms.Matheus de Souza Lima Ribeiro

Equipe:

Prof. Dr. Frederico Augusto Guimarães Guilherme

Resumo: O estudo tem como objetivo avaliar a influência dos efeitos de borda sobre a composição florística, estrutura da vegetação, estrutura e padrão de distribuição espacial de populações vegetais e sobre as condições ambientais em fragmentos de vegetação nativa no Sudoeste Goiano. Os métodos adotados irão variar em função dos trabalhos com comunidades ou populações vegetais. Espera-se que as atividades propostas gerem dados inovadores sobre alguns aspectos da dinâmica dos cerrados, os quais contribuam com o avanço do conhecimento acerca das influencias geradas pelo crescente processo de fragmentação das formações vegetacionais do sudoeste goiano.

 

______________________________________________________________________

Título do projeto: Efeitos da extração de folhas na demografia, biologia reprodutiva e estrutura genética da palmeira Butia purpurascens no sudoeste goiano

Coordenador(a): Prof. Dr. Frederico Augusto Guimarães Guilherme

Resumo: Butia purpurascens Glassman é uma palmeira de pequeno porte, endêmica do cerrado do sudoeste goiano, que tem as folhas usadas na confecção de vassouras. Esta palmeira tem sido usada pela população local, mas não há informações sobre a história de vida da mesma ou qualquer outra informação sobre seu status de conservação. Nosso objetivo será caracterizar alguns aspectos da estrutura e dinâmica de duas populações, além da auto-ecologia desta espécie, como biologia reprodutiva e estrutura genética das populações. Dessa forma, como primeiro passo para avaliar os efeitos da retirada das folhas, nós utilizaremos dois hectares como tratamentos: um controle e outro sob interferência extrativista. Cada hectare implantado no campo será subdivido em 25 parcelas contíguas e permanentes de 20 X 20m. Inicialmente todos os indivíduos da palmeira serão marcados e terão altura e diâmetro registrados para a avaliação da estrutura etária. Em um segundo momento, a fenologia, a biologia floral e a germinação das sementes da espécie serão avaliadas comparativamente para cada tratamento. A fenologia será realizada mensalmente pelo período de pelo menos um ano e terão as fenofases de brotamento, floração e frutificação observadas. Para a biologia floral serão feitas caracterização morfológica das inflorescências masculinas e femininas, bem como das respectivas flores; além de observações e coletas dos visitantes florais, e tratamentos de polinização para avaliação dos sistemas de cruzamento. A germinação das sementes será acompanhada em viveiro experimental. As sementes originadas dos diferentes sistemas de cruzamento para cada hectare serão utilizadas nos testes de viabilidade e germinação. Por fim, serão realizados estudos da estrutura genética de populações das palmeiras encontradas na região, especialmente nos municípios de Jataí, Caiapônia e Caçu, na intenção de se conhecer a variabilidade genética dentro e entre populações. Financiamento: CNPq

 

______________________________________________________________________

Título do projeto: Florística, estrutura e diversidade de espécies vegetais nos ecossistemas florestais do sudoeste goiano

Coordenador(a): Prof. Dr. Frederico Augusto Guimarães Guilherme

Resumo: Concomitante com o crescente progresso agropecuário, também vem ocorrendo processos de devastação dos ecossistemas naturais no sudoeste goiano, onde praticamente não há estudos sobre a composição florística e fitossociológica das formações savânicas e florestais da região. Neste sentido, o atual projeto tem o objetivo de avaliar parâmetros de diversidade vegetal, estrutura, dinâmica, categorias sucessionais e síndromes de dispersão de diásporos em formações florestais, como florestas de interflúvio e florestas ribeirinhas da região, bem como os possíveis efeitos da fragmentação florestal sobre essas formações. A princípio trabalhar-se-á apenas com espécies arbóreas e serão escolhidas fitofisionomias próximas da cidades de Jataí, devido às facilidades na determinação do material botânico e de acesso, respectivamente. Serão instaladas sempre parcelas de 10 X 10 m (100 m2) visando manter um padrão amostral, possibilitando futuras comparações. As parcelas serão permanentes visando futuros estudos da dinâmica florestal. Para cada parcela, todos os indivíduos arbóreos com DAP (diâmetro à altura do peito) maior que 5cm serão mensurados e classificados em categorias sucessionais e síndromes de dispersão. Variáveis ambientais, como topografia, composição físico-química dos solos, luz, temperatura e umidade do ar, quando possível, também serão registradas. Análises de variância e análises multivariadas serão utilizadas para avaliar o conjunto de dados simultaneamente. A avaliação da composição florística, da diversidade, da estrutura, além de possíveis alterações nas taxas de crescimento, recrutamento e mortalidade de árvores futuramente registradas, darão suporte para ações de restauração e conservação de fragmentos florestais no sudoeste goiano.

 

______________________________________________________________________

Título do projeto: Fragmentação florestal e conservação da biodiversidade do cerrado no sudoeste goiano

Coordenador(a): Prof. Dr. Fabiano Rodrigues Melo

Equipe:

Prof. Dr. Frederico Augusto Guimarães Guilherme

Resumo:A justificativa deste estudo se baseia na necessidade de se entender os processos locais de extinção e recolonização por diferentes elementos da flora e da fauna, que subsidiarão um estudo mais completo sobre as dinâmicas das populações de espécies escolhidas como indicadoras desse processo, como epífitas, palmeiras, formigas, anfíbios, morcegos, marsupiais e pequenos roedores, além de carnívoros de médio e grande porte. Com estudos dessa natureza, utilizando a mesma região impactada e diversos grupos faunísticos e florísticos, poderemos elaborar questões metodológicas mais refinadas que efetivamente minimizem os impactos advindos do desmatamento e definir modelos matemáticos que possam prevenir os potenciais impactos à biodiversidade em geral. Somente assim, uma avaliação real do status de conservação de espécies, comunidades e das relações entre os ecossistemas afetados é que poderemos obter sucesso e permitir ao governo goiano uma aplicação imediata das recomendações e sugestões inerentes ao presente estudo. Essa iniciativa é imprescindível para a escala do atual trabalho e sua aplicação vai de encontro à demanda mundial de se proteger, mais do que espécies, comunidades e processos evolutivos e permitir o bem-estar das pessoas.

 

______________________________________________________________________

Título do projeto: Manejo populacional dos macacos prego (Cebus libidinosus Spix, 1823) no Bosque Auguste-Saint-Hilaire - Campus Samambaia/UFG

Coordenador(a): Prof. Dr. Fabiano Rodrigues Melo

Resumo:

_____________________________________________________________________________________ 

 

Título do projeto: A fauna de vertebrados representativa do parque estadual da mata atlântica e seu entorno: endemismos, raridades e ameaças

Coordenador(a): Prof. Dr. Fabiano Rodrigues Melo

Resumo:

______________________________________________________________________

 

Título do Projeto: O resgate de uma fêmea isolada de muriqui-do-norte (Brachyteles hypoxanthus) como ferramenta de manejo para a conservação da espécie

Coordenador(a): Prof. Dr. Fabiano Rodrigues Melo

Resumo:

_________________________________________________________

 

Título do Projeto: Micropropagação de Guanandi

 

Coordenador(a): Profa. Dra. Vanessa Cristina Stein 

 

Equipe:

Tatiana Rodrigues Ferreira

Antônio Paulino Da Costa Netto

Daiane Pricila Gonçalves de Sousa

Barbara Fernandes Macedo

 

Resumo: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) aponta que o Brasil deveria ter no conhecimento e na conservação da biodiversidade uma de suas estratégias para o desenvolvimento econômico sustentável. No entanto, a exploração desordenada dos recursos naturais por diferentes setores, principalmente o agrícola e o pecuário, tornou-se uma preocupação e um grande desafio à comunidade científica. Portanto, alem da necessidade de se reverter o atual quadro de desmatamento é necessário recuperar o ecossistema, assegurando a sua sobrevivência. Uma das espécies nativas e com potencial para reflorestamento e cultivo comercial é o Guanandi (Calophyllum brasiliensis Cambeáedes), sendo que, as populações de guanandi estão expostas à devastação, tanto pela extração ilegal de madeira, quanto pela pressão de ocupação nas áreas de ocorrência. Essa espécie ocorre naturalmente nos biomas da Amazônia, da Mata Atlântica e do Cerrado e sua madeira é considerada substituta do mogno por ser resistente e imputrescível, podendo ser usada para fabricação de móveis, construção civil, construção naval, marcenaria, laminados decorativos, entre outros. No entanto, a curta longevidade das sementes restringe sua utilização, causando desuniformidade na produção e limitando a oferta de mudas em determinadas épocas do ano ou ainda, torna-as disponíveis em épocas inadequadas ao plantio. Esses aspectos apresentam-se como obstáculos na obtenção de mudas pela via sexuada, tornando a microprogação in vitro uma alternativa viável para superar as dificuldades na sua propagação, pois a clonagem in vitro é particularmente útil para a propagação de espécies que possuem sementes recalcitrantes ou de ciclo de vida longo.

 

_____________________________________________________________________________________

Título do Projeto: Modelos de nicho ecológico, distribuição potencial e efeitos das mudanças climáticas em espécies do Cerrado

Coordenador(a): Profa. Dra. Levi Carina Terribile

Resumo: Compreender a importância dos fatores que atuam na estruturação espacial das distribuições das espécies é de interesse primordial para assegurar a efetiva conservação da biodiversidade. Nos últimos anos, diversos métodos de modelagem de nicho tem sido criados com intuito de modelar a distribuição geográfica potencial das espécies e avaliar os efeitos das mudanças climáticas sobre essas distribuições. Este projeto tem o objetivo de utilizar esses métodos para avaliar os efeitos das mudanças climáticas em espécies de plantas e animais do Cerrado, e identificar áreas de alta adequabilidade ambiental com potencial para preservação dessas espécies. A análise integrada dos resultados obtidos neste projeto com os dados genéticos de outros projetos da rede GENPAC proporcionarão uma melhor compreensão da importância dos eventos históricos e atuais na configuração dos padrões de diversidade do Cerrado, e das possibilidades para a preservação dessa diversidade a longo prazo.

_____________________________________________________________________________________

Título do Projeto: Macroecologia de serpentes colubróides (Serpentes, Colubroidea) no Novo Mundo: biodiversidade e conservação. 

 

Coordenador(a): Profa. Dra. Levi Carina Terribile

 

Resumo: Compreender os padrões ecológicos em grandes escalas geográficas é de grande interesse atual para ecólogos e biogeógrafos, especialmente diante das ameaças eminentes de erosão da biodiversidade e mudanças climáticas globais. Infelizmente, para a muitos grupos de organismos, pouco se sabe quanto a sua ecologia, distribuição e diversidade, o que os torna mais vulneráveis a tais ameaças. A proposta descrita a seguir tem o objetivo de investigar detalhadamente os fatores determinantes da distribuição atual e dos padrões de diversidade da superfamília de serpentes Colubroidea. O conhecimento efetivo dos padrões de diversidade em grandes escalas e dos processos envolvidos em sua origem e manutenção é vital para estabelecer programas mais eficientes de conservação da diversidade desse grupo de serpentes a longo prazo.

_____________________________________________________________________________________

Título do Projeto: Mudanças climáticas e áreas de estabilidade ao longo do tempo: uma nova abordagem para a conservação da biodiversidade.

Coordenador(a): Profa. Dra. Levi Carina Terribile

Resumo: As mudanças climáticas globais constituem uma das maiores ameaças atuais e futuras a erosão da biodiversidade. Identificar e mapear as áreas de estabilidade climática ao longo do tempo constitui um importante estratégia para direcionar os esforços de conservação das espécies a longo prazo. Neste projeto propomos a aplicação das ferramentas de modelagem de nicho ecológico para identificar as áreas climaticamente adequadas no passado (21 mil anos atrás), no presente e no futuro (2080-2100) para a ocorrência de todas as espécies de mamíferos, com o objetivo de mapear áreas de refúgio para a conservação das espécies no futuro. Por meio deste trabalho, pretendemos avaliar, em escala global, a eficiência das Unidades de Conservação atuais na representação desses refúgios, e propor a inserção das áreas de estabilidade climática como foco dos estudos de planejamento sistemático para a conservação.

 

 

Listar Todas Voltar